Tênis de Mesa

Com folga, Piracicaba vence outra Liga Paulista

Delegação local soma 205.622 pontos na temporada e conquista o título geral

Priscila Dias, jogadora de tênis de mesa da equipe Fran TT
Priscila Dias foi um dos destaques do time piracicabano na temporada (Foto: Fran TT/Divulgação)

Piracicaba mais uma vez fechou o ano com o título da Liga Paulista de tênis de mesa. A equipe local, representada por atletas da Fran TT e do CCP (Clube de Campo de Piracicaba), somou 205.622 pontos na temporada, número que garantiu o Troféu Eficiência. A última etapa de 2015 foi realizada no sábado (12) e reuniu os 16 melhores de cada categoria nas dependências do miniginásio Garcia Netto, em Piracicaba.

A classificação geral reflete o domínio piracicabano. Araras, que conquistou o vice-campeonato, fez ao todo 123.849 pontos – 80 mil a menos que Piracicaba. Santa Bárbara d’Oeste foi a terceira colocada, com 119.332 pontos. Apesar da distância, o técnico de Araras, Rodolfo dos Santos, disse que o objetivo da equipe foi alcançado com a segunda colocação no ranking. “Estamos muito felizes”, resumiu.

A coordenadora da Liga Paulista, Francine Camargo Mendes, exaltou o título conquistado por Piracicaba, o que confirma a superioridade do elenco, “formado por atletas que disputam competições nacionais e internacionais”, revelados em anos anteriores pela própria Liga Paulista. “A briga pela segunda colocação no ranking do Troféu Eficiência foi emocionante e seguiu até a última etapa. Isso prova que, em 2016, podemos aguardar a realização de etapas de alto nível técnico”, afirmou Francine.

RESUMO

A Liga Paulista de tênis de mesa organizou 13 etapas e contou com a participação de aproximadamente 380 participantes de 19 equipes do interior paulista – as cidades de Americana, Araraquara e Marília estrearam na competição em 2015. Além do título geral, Piracicaba foi representada no prêmio Melhores do Ano por  13 atletas: Aline Ramos, Aquemi Tsuji, Bruno Tavares, Caique Kobayashi, Carlos Tavares, Daniel Roldan, Ettore Palauro, José Guilherme Chagas, Juan Viscardi, Leonardo Poloni, Marcos Takaki, Natasha Ribeiro e Reynald Defavari.

Início