Futebol

Cléber Gaúcho deve repetir time em Rio Claro

'A atenção tem que ser redobrada', pede o treinador antes de jogo decisivo

XV de Piracicaba
Grupo unido: jogadores conversam sobre formação ideal para Rio Claro (Foto: Divulgação/XV de Piracicaba)

O XV de Piracicaba decide neste domingo (13), às 18h, em Rio Claro, seu futuro na Copa Paulista. Em partida válida pela semifinal da Copa Paulista, o Nhô Quim encara o Rio Claro no estádio Augusto Schimidt Filho. O empate garante o Alvinegro na final da competição. Caso o Galo Azul vença por um gol de diferença, independente do resultado, a partida será decidida em cobranças de pênaltis. Sem problemas para escalar a equipe titular, o técnico Cléber Gaúcho deve manter o time que enfrentou o Rio Claro no jogo de ida, em Piracicaba.

“Todas as situações já passaram pela nossa cabeça, inclusive já conversamos com os atletas e eles participam dessa formação. Temos um feedback muito legal em relação a isso. Dou abertura para a construção do nosso planejamento tático, ouvindo os atletas para saber o que eles pensam, o que acham, e, aí sim, tomamos a melhor decisão. A princípio, devemos manter a mesma formação que estamos utilizando na maioria dos jogos”, disse Cléber Gaúcho, que deve apostar novamente no 4-3-3.

Dos atletas que estão inscritos na Copa Paulista, apenas o lateral-esquerdo Cléber segue no departamento médico. O atacante Bruninho foi liberado nesta semana para retomar os treinamentos físicos, após recuperar-se de lesão na coxa, mas não deve ser relacionado para o jogo deste domingo. Assim, o XV de Piracicaba deve entrar em campo com a provável escalação: Mateus Pasinato; Zé Mateus, Lucas Cunha, Rodrigo e Samuel; Maranhão, Clayton e Barreto; Samoel Pizzi, Romarinho e Rafael Gomes.

PREOCUPAÇÃO

Com 33 gols marcados na Copa Paulista, o ataque do Rio Claro tem sido a maior preocupação do técnico Cléber Gaúcho nos dias que antecedem o confronto. A dupla de ataque formada por Daniel Bueno e Medina é responsável por 16 dos gols marcados pela equipe. “Nos preocupamos com todas as situações do Rio Claro, principalmente em relação ao seu poder ofensivo jogando em casa. Temos que ter atenção redobrada para conseguir nosso resultado”, completou Cléber Gaúcho.

Início