Futebol

Clayton joga em Araraquara; Celso é reeleito

Capitão terá logística especial para atuar e depois casar; diretoria segue

Clayton, volante do XV de Piracicaba
Clayton está confirmado para a partida de volta, contra a Ferroviária (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A vitória por 2×0 sobre a Ferroviária, no último sábado (19), deu ao XV de Piracicaba uma boa vantagem para a decisão do título da Copa Paulista em Araraquara. No próximo sábado (26), às 18h, na Arena da Fonte Luminosa, o Alvinegro pode perder por um gol de diferença para sagrar-se campeão e ainda conquistar a vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro, em 2017. Em caso de derrota por dois gols de diferença, a partida será decidida em cobranças de pênaltis.

Barreto deve voltar aos treinos nesta terça-feira e pode jogar em Araraquara

“Nós fizemos o dever de casa. Desde a classificação para a final, respeitamos muito a Ferroviária e não é ao acaso que eles possuem a melhor campanha da competição. Ainda não ganhamos nada e estamos conscientes de que vamos encontrar um jogo difícil em Araraquara”, disse o atacante Romarinho, autor de sete gols na Copa Paulista. O meia Barreto, que deixou o campo com dores na coxa no segundo tempo do jogo de ida da decisão, deve retornar aos treinamentos nesta terça-feira (22).

“No primeiro lance do jogo contra a Ferroviária, eu tomei uma pancada na coxa e, no segundo tempo, a pancada foi na panturrilha. Foi só uma pancada mesmo, vou me recuperar. Estou feliz pelo resultado, mas é preciso manter os pés no chão, trabalhar e estarei em campo no segundo jogo”, afirmou Barreto. Além do meia, quem também deve voltar aos treinos com o restante do elenco é o volante Fraga, que foi poupado da primeira partida da final devido ao desconforto no adutor da coxa.

Com casamento marcado há um ano e meio para o sábado (26), o volante Clayton corria sério risco de ficar de fora da partida. Porém, o clube garantiu nesta segunda-feira (21) a presença do capitão em Araraquara. Após o jogo, o atleta volta a Piracicaba para a cerimônia, que terá horário alterado, via transporte aéreo. “O Clayton é o capitão da equipe, tem mais de 100 jogos com a camisa do XV e é peça fundamental para o time. A partida será muito difícil e não podemos ficar sem ele. Gostaria de agradecer a todos que nos ajudaram”, disse o presidente Celso Christofoletti, em nota emitida pelo clube.

Celso Christofoletti e Ricardo Moura, presidente e vice do XV de Piracicaba

Celso Christofoletti e Ricardo Moura, presidente e vice do Nhô Quim (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

REELEIÇÃO

Christofoletti foi reeleito nesta segunda-feira ao cargo de presidente do XV de Piracicaba. O empresário, que teve 28 dos 29 votos válidos, segue no comando do clube pelos próximos dois anos, com possibilidade de reeleição em novembro de 2018, quando expira o atual mandato. Ricardo Moura segue acumulando as funções de vice-presidente e diretor de futebol – nesta última, o vice é acompanhado do gestor de futebol, Beto Souza. A composição da diretoria deve ser anunciada ainda em novembro.

“O nosso trabalho é de continuidade. Nós equalizamos as dívidas trabalhistas, que estavam perto de R$ 18 milhões e hoje giram em torno de R$ 1,5 milhão. Nós temos CT (Centro de Treinamento), Certificado de Clube Formador. O XV está estruturado, mas temos que melhorar. Precisamos despertar o gigante que é o XV. Não tenho apego algum ao cargo. É um trabalho complicado. Não é promessa, mas é objetivo: temos que transformar o nosso plano de sócio-torcedor em nosso principal patrocinador”, disse o dirigente, que não teve oposição.

Início