Opinião

Chega de ‘pipocar’ em casa!

*Capa: Mauricio Bento/Líder Esportes/Orientec

Mais uma vez, um lance de bola parada tirou pontos do XV de Piracicaba na Série A2 do Campeonato Paulista. Aliás, mais da metade dos gols sofridos na competição foram desta forma. O XV precisava vencer o Bragantino, e mais uma vez sofreu o gol no final da partida. Desanima. Porém, se analisarmos friamente a atual situação, temos que considerar alguns fatores.

Pela projeção feita há algumas rodadas, o objetivo era conquistar um ponto em Bragança Paulista, já que o Bragantino está brigando pela classificação. A meta foi alcançada. A forma como ela aconteceu é que deixou um gosto amargo na boca. Faltavam apenas os acréscimos da partida. Caso a situação fosse contrária, com o XV fazendo o gol de empate no final, poderíamos dizer que foi um empate com gosto de vitória. Apesar do pouquíssimo tempo a frente do XV, tendo comandado apenas um treinamento, o técnico Vica conseguiu mexer com os ânimos dos jogadores.

Contra o Bragantino, foi possível perceber um time mais confiante, que arriscou as jogadas e voltou a chutar de fora da área. O gol de falta, marcado por Romarinho, teve participação do treinador, que ensaiou a jogada um dia antes. Não há muito o que fazer para preparar a equipe que vai encarar o Oeste. Tempo mesmo para treinar, só na semana que vem. Nos resta torcer. Criticar, neste momento, não vai ajudar. Até porque as críticas serão as mesmas que expusemos durante toda a competição.

É hora de unir forças e apoiar, principalmente nos jogos em casa, onde o XV tem ‘pipocado’. Quando uso o termo pipocar, deixo claro que alguns jogadores não fazem jus a ele. Com o fim do campeonato, as cobranças serão feitas, com ou sem rebaixamento. Espero que o mesmo desempenho do jogo contra Bragantino e Rio Claro possa se repetir no Barão da Serra Negra. Se a lição de casa tivesse sido feita, com os pontos que buscou fora, hoje o Alvinegro estaria na zona de classificação para a próxima fase. O XV não depende de ninguém para escapar do rebaixamento. Não é preciso fazer contas e nem analisar a tabela. É preciso voltar a vencer.

Marcelo Sá é radialista e jornalista na Rádio Jovem Pan News Piracicaba

Início