Tênis de Mesa

CCP/APTM fecha ano como 3º melhor do Brasil

Time piracicabano conquista resultado histórico no Campeonato Brasileiro

Ediane Bresciani, atleta de tênis de mesa do CCP/APTM
Ediane Bresciani fez grande temporada pelo CCP/APTM (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A equipe de tênis de mesa do CCP/APTM/Palmeiras/Selam/Liceu fechou o 50º Campeonato Brasileiro com chave de ouro. Pela primeira vez na história, o time piracicabano ficou entre os três melhores do país. Em Chapecó (SC), foram três medalhas de ouro e três medalhas de prata conquistadas pelo clube, que em 2016 recebe subvenção da Lei Pelé por meio da CBC (Confederação Brasileira de Clubes). O evento finalizado neste domingo (6) fechou o calendáro de alto rendimento da CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa) nesta temporada.

O evento contou com equipes de todo o Brasil; CCP/APTM ficou em 3º

A competição teve início em Santa Catarina na última terça-feira (1º), com a competição de Equipes de Seleções Estaduais. Logo no primeiro dia de jogos, atuando pela seleção paulista juvenil, Ediane Bresciani, ao lado de Juliana Lindman, Beatriz Kimoto e Fernanda Kodama, conquistaram a medalha de ouro vencendo na final a seleção paranaense juvenil, por 3×1. Ediane venceu todos os jogos que disputou.

A seleção paulista absoluto A-1 entrou na mesa com três atletas do CCP/APTM: Isabela Cassemiro, Marina Michelin e Thainá Gava estiveram ao lado de Kátia Kawai e conquistaram a medalha de ouro, vencendo na final a seleção paulista absoluto A-2, por 3 jogos a 2. Nas duplas, Isabela Cassemiro e Thainá Gava venceram os seus jogos, enquanto Marina Michelin foi responsável pelo ponto final da equipe, vencendo a atleta Gabriella Kodama pelo placar de 3 sets a 2.

No segundo dia de jogos, aconteceram as disputas de Equipes de Clubes – as categorias juvenil, juventude e absoluto A foram unificadas e o CCP/APTM, com Livia Gomes, Marina Michelin, Nathália Barreira e Thainá Gava conquistou a medalha de prata. As competições individuais do juvenil e juventude foram realizadas na quinta-feira (2). O destaque veio na categoria juventude, quando Ediane e Isabela fizeram dobradinha, conquistando as medalhas de ouro e prata – melhor para Ediane, que venceu pelo placar de 3 sets a 1. De quebra, a atleta ficou com a primeira colocação no ranking nacional.

ENCERRAMENTO

Os últimos três dias foram reservados para as categorias menores (mirim) e maiores (absoluto A), além das competições paralímpicas. Destaque na categoria absoluto A, Lívia Gomes terminou com a medalha de prata. Na classificação geral, o CCP/APTM ficou em terceiro lugar, atrás apenas de  São Caetano do Sul e Jundiaí no Troféu Eficiência. “Estamos muito felizes. Os atletas deram o máximo e tivemos um brilhante resultado. É histórico! Ficamos duas vezes em quarto lugar e agora estamos entre as 3 maiores potências do tênis de mesa nacional, entre 89 equipes participantes”, elogiou Filipe Prando, técnico da equipe.

Início