Futebol Americano

Cane Cutters: tudo ou nada contra Araçatuba

Time piracicabano precisa vencer e secar Jaboticabal para ir aos playoffs

John McGraw e Marco Bucci, técnicos da equipe de futebol americano Piracicaba Cane Cutters
John McGraw e Marco Bucci: Cane Cutters precisam da vitória (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

O Piracicaba Cane Cutters decide neste domingo (13), em Jaboticabal, seu futuro na Taça 9 de Julho, competição organizada pela Fefasp (Federação de Futebol Americano de São Paulo). O time piracicabano entra em campo às 14h para enfrentar o Araçatuba Touros, pela última rodada da fase de classificação, que traz confrontos interconferências. Além de vencer o adversário, os Cutters precisam de uma derrota do Jaboticabal Defenders contra o Londrina Bristelbacks para avançar aos playoff – a equipe de Piracicaba soma uma vitória e duas derrotas nas três primeiras rodadas do Grupo 2 do Interior.

Os dias que antecedem o duelo decisivo deste fim de semana têm sido de mistério pelo lado dos Cutters. Após sofrer grave lesão na primeira rodada contra os Lizards, em Leme, o quarterback Yaggo Brito está em fase final de recuperação e é dúvida para o confronto. Substituto natural, o running back Renan Righetto também se machucou na partida contra o Limeira Tomahawk e tem presença descartada pela comissão técnica. Caso Yaggo não possa atuar, a posição de quarterback deve ser assumida pelo defensive line Shalom, que cumpriu a função na última rodada.

Obrigado a vencer, os Cane Cutters precisam encaixar o ataque para superar a equipe de Araçatuba. O setor encontrou dificuldade nas três primeiras rodadas da competição. Após passar em branco contra Leme Lizards e Jaboticabal Defenders, o time piracicabano desencantou na vitória contra Limeira Tomahawk, porém, o grande destaque do triunfo foi a atuação do sistema defensivo. “Nós estamos preparados e sabemos o que precisamos colocar em prática. Temos que pensar apenas em nosso jogo e, para vencer, será preciso muita concentração”, resumiu o head coach dos Cutters, Marco Bucci.

Início