Opinião

Campanha irrepreensível

Após a festa do esporte no Rio de Janeiro, voltemos à realidade. E que boa realidade! Com satisfação, vemos o XV de Piracicaba ‘voando’ na Copa Paulista, com a melhor campanha e, de quebra, com um dos artilheiros da competição – Romarinho, com quatro gols. A campanha é tão boa que, mesmo com um jogo a menos em relação ao vice-líder do Grupo 3, o Bragantino, o Alvinegro está três pontos à frente do rival de Bragança Paulista (17 a 14).

No geral, tem a segunda melhor campanha da Copa Paulista 2016, com 81% de aproveitamento dos pontos, atrás somente do São Caetano (88%). Em sete jogos realizados até aqui, o Nhô Quim ganhou cinco partidas e empatou outras duas, seguindo invicto na competição. Além disso, balançou 12 vezes as redes adversárias e foi vazado apenas três vezes. Tudo isso credencia o XV ao tão sonhado título da Copa Paulista. Conquista esta que escapou em 2008 para o Atlético Sorocaba, nos acréscimos, no Barão da Serra Negra lotadíssimo, com mais 20 mil torcedores.

Voltando a falar da campanha deste ano, os méritos são totais para esse grupo, comandado pelo técnico Cléber Gaúcho, e também para a diretoria quinzista. Isso porque após o descenso no Campeonato Paulista, o cenário não era dos melhores. Porém, o time deu ‘liga’ desde o começo do torneio. Está jogando bem, com um sistema defensivo sólido, um meio de campo criativo e um ataque matador, com Romarinho e Rodolfo em boa fase.

Há ainda muito a ser feito, é verdade. Mas podemos dizer que tudo está encaminhado para um final feliz. Que a fanática e exigente torcida quinzista possa sorrir no término do campeonato com a taça na mão e a vaga assegurada para a Série D ou para a Copa do Brasil.

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo

Início