Automobilismo

Bruno Leme vence e fica mais perto do título

Piloto de Piracicaba volta a dar show debaixo de muita chuva em Interlagos

Bruno Leme, piloto da equipe Alfia de Fórmula 1600
O piloto piracicabano Bruno Leme deu show debaixo de chuva em Interlagos (Foto: Marcus Vinicius Pavan)

Bruno Leme provou mais uma vez que é especialista debaixo de chuva. Depois de fazer o segundo melhor tempo no treino classificatório, o piracicabano liderou boa parte da prova, mas levou azar com os retardatários e chegou em segundo lugar na primeira bateria da oitava etapa do Campeonato Paulista de Fórmula 1600, disputada no último sábado (19). A redenção veio com a vitória na segunda corrida, realizada domingo (20), após largar na nona colocação. Os resultados serviram para manter a liderança da classificação geral.

“O fim de semana foi bom, somamos pontos importantes e a diferença é a mesma, com uma etapa a menos. Na primeira corrida, tive um problema com os retardatários e foi por isso que não venci. Na segunda, cheguei rápido ao primeiro lugar e abri uma excelente vantagem”, disse Bruno Leme. O piloto piracicabano largou em segundo lugar na bateria inicial e assumiu a liderança na terceira volta, abrindo mais de três segundos para o vice-líder. Na última volta, porém, Bruno Leme foi atrapalhado pelos retardatários e perdeu a ponta para Renan Guerra.

RECUPERAÇÃO

Na corrida de domingo, o piracicabano deu show debaixo de muita água. Após largar em nono, pela regra de inversão de grid, Bruno Leme assumiu a liderança na primeira volta e colocou quase 18 segundos de vantagem sobre Emilio Padron, segundo colocado. Quando restavam duas voltas para o final, a chuva apertou e a direção da prova decidiu pela entrada do safety car, devido às condições perigosas do autódromo. O carro de segurança permaneceu na pista até o encerramento da corrida.C

O Campeonato Paulista de Fórmula 1600 é dividido em dez etapas e 20 baterias. Os cinco piores resultados ao término do calendário são descartados, ou seja, a classificação final leva em consideração 15 provas. De acordo com o regulamento, cada corrida tem duração de 12 voltas ou 30 minutos, com inversão de grid para os dez primeiros colocados na prova final de cada jornada. Líder na classificação geral, o piracicabano já disputou 16 provas na atual temporada, com dez vitórias, três segundas posições e dois abandonos, além de não participar de uma bateria em virtude de compromissos particulares.

Início