Automobilismo

Bruno Leme busca quarta vitória na temporada

Piracicabano disputa etapa da Fórmula 1600, neste sábado (29), em São Paulo

Bruno Leme, piloto piracicabano da equipe Alfia de Fórmula 1600
Na classificação considerando os descartes, Bruno Leme lidera a disputa pelo título (Foto: Pavan Fotografia)

O piloto piracicabano Bruno Leme disputa neste fim de semana, em São Paulo, a terceira etapa do Campeonato Paulista de Fórmula 1600. Após duas sessões de treinos livres realizadas nesta sexta-feira (28), a programação tem reservada para a manhã de sábado (29) o treino classificatório. A largada para a primeira bateria está marcada para as 15h no autódromo de Interlagos. A segunda prova, com o grid invertido para os dez primeiros colocados, acontece apenas no domingo (30).

Em 2017, o piloto Bruno Leme venceu três das quatro corridas que participou

De acordo com o regulamento, cada corrida tem a duração de 12 voltas ou 30 minutos. No total, a competição é dividida em dez etapas e 20 baterias, todas em Interlagos. Cada piloto pode descartar cinco resultados, ou seja, a classificação final leva em consideração 15 provas. Nas duas etapas já realizadas em 2017, Bruno Leme venceu três das quatro corridas que participou – na segunda bateria da primeira etapa, o piloto piracicabano liderava na sexta volta, mas teve de abandonar por conta de uma quebra de câmbio.

Apesar do domínio no início da temporada, Bruno Leme, que tem Thomaz Soubihe como companheiro de equipe Alfia, ocupa a segunda colocação na tabela de classificação. O piracicabano tem 63 pontos, quatro a menos que o líder da categoria, Emílio Padron. Como não poderá disputar a bateria deste domingo em virtude de um compromisso particular, a prova de sábado ganha maior peso para Bruno Leme. A expectativa é de que cerca de 20 carros componham o grid.

RESPONSABILIDADE

“Como tive um abandono na primeira etapa, o segundo descarte será pela ausência na corrida de domingo. É claro que não participar de uma prova tem peso, mas considerando os descartes, lidero virtualmente a classificação. Independente de qualquer situação, sempre entro para vencer, buscando o melhor resultado, o que não vai ser diferente na prova de sábado”, afirmou o piloto, que entrou na categoria há cinco anos e tem como melhor resultado o vice-campeonato, em 2015. Na ocasião, a perda do título foi decidida fora da pista.

“Nós tivemos um problema de desclassificação e entramos com recurso. Provamos que tínhamos razão, mas foi alegado perda de prazo. Moralmente, sinto que fui campeão”, disse Bruno Leme, que prevê equilíbrio na disputa deste fim de semana. “A categoria tem vários pilotos bons, sempre tem quatro ou cinco que brigam pelas primeiras colocações. É evidente que conhecer a pista de Interlagos ajuda bastante, mas como a competição é disputada sempre lá, não há muita vantagem em relação aos adversários”, completou.

Início