Automobilismo

Bruno Leme abandona e fica na vice-liderança

Restando cinco etapas, piloto piracicabano continua na briga pelo título

Bruno Leme, piloto piracicabano da equipe Alfia de Fórmula 1600
Bruno Leme ficou com o segundo lugar na primeira bateria da etapa (Foto: Pavan Fotografia/Divulgação)

O fim de semana em Interlagos não foi como havia planejado o piloto Bruno Leme, na quinta etapa do Campeonato Paulista de Fórmula 1600. Com o segundo lugar na prova de sábado (10) e um abandono na corrida de domingo (11), o piracicabano perdeu a liderança na classificação geral e ocupa a segunda colocação, atrás de Emílio Padron. Restam cinco etapas para o encerramento da temporada. A segunda metade do calendário tem início dia 1º de julho, com a sexta rodada dupla do ano.

Após fazer a pole, Bruno Leme ficou em segundo lugar na primeira bateria. A vitória foi de Emílio Padron, que cruzou a linha de chegada menos de um décimo de segundo à frente do piracicabano. Com a inversão de grid prevista pelo regulamento para a segunda bateria, Bruno Leme largou em nono, conseguiu a quinta colocação logo na primeira volta, mas teve uma quebra de câmbio que o impediu de continuar na pista. “Não foi como eu queria, mas o campeonato está chegando na metade, tem muita coisa para acontecer”, disse o piloto.

Nas dez corridas que disputou em 2017, Bruno Leme conseguiu cinco triunfos e duas segundas colocações. O piloto ainda descartou três provas – uma em que não participou e dois abandonos por conta de quebra de câmbio. De acordo com o regulamento, cada corrida tem duração de 12 voltas ou 30 minutos, com inversão de grid para os dez primeiros colocados na prova final de cada jornada. No total, a competição é dividida em dez etapas e 20 baterias, todas em Interlagos. Cada piloto pode descartar cinco resultados, ou seja, a classificação final leva em consideração 15 provas.

Início