Futebol

Barão recebe nota mínima em avaliação federal

Ministério do Esporte analisa 155 estádios por meio do programa Sisbrace

Estádio Barão da Serra Negra
O Sisbrace levou em consideração conforto e acessibilidade, segurança e vigilância sanitária (Foto: Líder Esportes)

Para o governo federal, em uma escala de um a cinco, o Estádio Municipal Barão da Serra Negra se encontra com a pior nota. A avaliação foi divulgada pelo Ministério do Esporte, que lançou nesta quinta-feira (28) o Sisbrace (Sistema Brasileiro de Classificação de Estádios), em São Paulo. A princípio, o programa vistoriou 155 estádios, que foram rotulados por meio de “bolas”. Os melhores ganharam cinco, enquanto os piores receberam uma.

O palco dos jogos do XV de Piracicaba está atrás de estádios como Décio Vitta, de Americana, e Alfredo Chiavegato, de Jaguariúna – ambos obtiveram duas bolas. O Sisbrace levou três itens em consideração: conforto e acessibilidade, segurança e vigilância sanitária. Dos locais observados, 13 ficaram com cinco bolas, três com quatro, 51 com três, 59 com duas e 29 com uma.

LÍDER tentou entrar contato com o secretário de Esportes, Johnny Godoy, mas não o localizou – ele está em férias. A Selam (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) deve analisar os critérios ponderados e se pronunciar em breve. O estádio será utilizado pelo Nhô Quim na próxima quarta-feira (3), às 17h, para o confronto diante do Rio Claro, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Início