Voleibol

Apiv sofre virada e perde título estadual em casa

Time piracicabano abriu 2 sets a 0, mas foi derrotado por São Caetano na final

Apiv x São Caetano - Campeonato Paulista Feminino de Vôlei - Primeira Divisão
O bloqueio de São Caetano funcionou no último e decisivo set (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A Apiv/Amhpla/Unimep/Selam é vice-campeã paulista da Primeira Divisão. Na decisão do título estadual, a equipe piracicabana foi derrotada de virada pelo São Caetano/São Cristóvão Saúde pelo placar de 3 sets a 2, com parciais de 26/24, 25/16, 19/25, 19/25 e 14/16, em jogo com duas horas e 35 minutos de duração. O duelo foi disputado na noite desta quinta-feira (27) no Ginásio de Esportes da AFPMP (Associação dos Funcionários Públicos do Município de Piracicaba). A derrota coloca ponto final nos 100% de aproveitamento da Apiv na temporada – campeã invicta dos Jogos Abertos do Interior, a equipe vai estrear na próxima edição da Superliga B.

Invicto na fase de classificação, o time piracicabano demorou para entrar no jogo no primeiro set. A equipe do ABC Paulista aproveitou as falhas para abrir 4×0, provocando o primeiro pedido de tempo do técnico Zeca. O desafogo da Apiv passou a ser a central Solange, que conseguia virar com facilidade. Contudo, os erros individuais persistiam – foram três saques para fora consecutivos. Com o placar em 14×11 para as visitantes, Zeca voltou a parar a partida. Depois do tempo, o bloqueio começou a funcionar, sobretudo com Gabriella. A reação se traduziu em vitória dramática: 26×24.

Apiv x São Caetano - Campeonato Paulista Feminino de Vôlei - Primeira Divisão

Apesar de vencer os dois primeiros sets, a Apiv foi superada em casa (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Em vantagem no marcador, a Apiv voltou para o segundo set mais ligada e os papéis se inverteram: a equipe de São Caetano do Sul passou a errar fundamentos e permitiu ao time piracicabano abrir sete pontos (14×7), maior vantagem no placar naquele momento. O elenco comandado pelo técnico Zeca tinha total controle do jogo: quando ‘relaxou’, deu chances para o time do ABC Paulista reagir e encostar (25×16); quando voltou a imprimir um ritmo mais forte, fechou o set com nove pontos de frente: 25X16.

São Caetano partiu para o ‘tudo ou nada’ no terceiro set e contou com a atuação irreconhecível do time piracicabano no reinício do jogo. Com grande dificuldade na recepção e construção das jogadas, a Apiv viu o adversário disparar no placar com a oposta Verônica no saque: 19×8. A equipe de Piracicaba ‘acordou’ para o jogo, mas não havia tempo para recortar a diferença: 25×19 para as visitantes e preocupação instalada nas arquibancadas. No banco de reservas, Zeca não escondeu a insatisfação.

O quarto set começou parelho, com São Caetano virando as duas primeiras bolas, mas errando os dois primeiros saques. A Apiv encontrava espaço nas diagonais, enquanto a equipe do ABC explorava o corredor. O equilíbrio foi desfeito apenas nos últimos seis pontos. Com a obrigação de vencer, o time visitante assumiu o controle do jogo, enquanto a equipe de Piracicaba sofreu novo ‘apagão’ nos momentos decisivos: vitória de São Caetano por 25×19, empate por 2 sets a 2 e decisão encaminhada para o tie-break.

TIE-BREAK

No quinto e último set, pesou o fator emocional. São Caetano não demorou para abrir vantagem e forçou o primeiro pedido de tempo do técnico Zeca com o placar apontando 5×2. O treinador chamou as levantadoras Kamilla e Maiara de canto e recolocou Solange em quadra. A central fez a Apiv voltar para o jogo e deixou tudo igual com quatro pontos seguidos, três deles de bloqueio: 7×7. A segunda metade do tie-break foi disputada ponto a ponto. Após salvar dois match points, São Caetano foi eficiente na defesa e venceu a parcial e o jogo em 16×14.

Apiv x São Caetano - Campeonato Paulista Feminino de Vôlei - Primeira Divisão

São Caetano fez muita festa com o título do Campeonato Paulista (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Início