Voleibol

Apiv mostra evolução, mas perde do Corinthians

Equipe de Piracicaba busca reabilitação nesta sexta-feira contra o Mogi Vôlei

Apiv x Corinthians - Campeonato Paulista Sub-21 de Voleibol
O placar de 3 sets a 0 não refletiu o equilíbrio da partida em Piracicaba (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Em duelo decidido nos detalhes, a equipe masculina da Apiv/Unimep/Selam foi derrotada nesta quarta-feira (28) pelo Corinthians/Guarulhos. A partida foi válida pela quinta rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista Sub-21 e terminou com o placar de 3 sets a 0 para os corintianos, com parciais de 25/22, 25/18 e 18/25, em pouco mais de uma hora e 20 minutos. Nesta sexta-feira (30), o time piracicabano volta a jogar no Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas, às 19h, quando enfrenta o Mogi Vôlei/Vôlei Santista.

Os ingressos para o jogo custam R$ 10 e serão vendidos na bilheteria anexa ao ginásio. Pagam meia entrada os estudantes e idosos. A apresentação do documento é obrigatória. O compromisso contra o Mogi Vôlei/Vôlei Santista será o terceiro da série de três jogos consecutivos que a Apiv fará em Piracicaba. O primeiro foi na última segunda-feira (26), quando a equipe acabou derrotada pelo Sesi São Paulo pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 25/27, 15/25 e 22/25, em aproximadamente uma hora e 25 minutos de partida.

O JOGO

No duelo contra o Corinthians, a Apiv equilibrou o primeiro set e chegou a liderar o placar, porém, se precipitou na reta final. A segunda parcial foi controlada pelo adversário no início e teve reação piracicabana no decorrer da parcial, mas não foi suficiente para reverter o resultado. No terceiro set, o Corinthians usou a experiência para explorar a ansiedade da Apiv e fechar a partida. A derrota em casa não altera o planejamento do técnico Chico dos Santos,  auxiliar de Bernardinho na conquista de oito Ligas Mundiais e do ouro olímpico em 2004.

“A equipe ainda falha tecnicamente, temos jogadores muitos jovens e com muita vontade, leva tempo para corrigir.  Eles treinam forte, nós esperamos crescer para a fase final. A ideia é essa. Temos que aproveitar agora os dois jogos em casa”, afirmou o treinador. “Todo mundo está vendo que há uma evolução e isso é fruto do treino. Eles (atletas) estão treinando forte todos os dias em dois períodos e isso traz confiança”, concluiu o treinador da equipe piracicabana.

Início