Voleibol

Apiv conhece adversários dos Jogos Regionais

Time feminino aposta na liderança de atletas experientes como Kamilla Augusto

Kamilla Augusto, levantadora da equipe feminina de vôlei da Apiv
Kamilla Augusto é uma das peças mais experientes do time feminino (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

De olho nos Jogos Regionais, que acontecem em Lençóis Paulista a partir do dia 20, a equipe feminina da Apiv/Unimep/Selam vai ganhando corpo para a competição. Na primeira fase, os adversários serão Bariri e Porto Ferreira. O primeiro colocado do grupo avança para as semifinais, enquanto o segundo lugar terá de disputar um jogo extra. Em fase de construção, a Apiv aposta na experiência de jogadoras como a levantadora Kamilla Augusto e a ponta Camila Rodrigues para liderar um elenco jovem.

“Não vejo isso como pressão a mais, em hipótese alguma. Depois de jogar fora do país, de conhecer o trabalho do Zeca (técnico), me sinto mais confortável com a responsabilidade. O grupo é muito ‘ligado’, são meninas novas que querem ouvir, que estão dispostas a crescer. Nos treinos, conversamos, fizemos ajustes e acertos de bola. O desenvolvimento está sendo muito rápido. Vamos chegar jogando ‘redondo’ nos Regionais”, disse Kamilla Augusto, que disputou a última temporada da Superliga Espanhola pelo Extremadura Arroyo.

MASCULINO

O time masculino da Apiv também faz planos para os Jogos Regionais, quando enfrenta Barra Bonita e Botucatu na primeira fase. Os dois melhores avançam para as semifinais. O elenco é base do trabalho que vinha sendo desenvolvido ao longo do Campeonato Paulista Sub-21, exceção feita ao técnico Chico dos Santos, que foi apresentado como novo treinador do Montes Claros Vôlei para a temporada 2017/18. A contratação foi fechada na última sexta-feira (7). Auxiliar de Bernardinho na seleção brasileira, onde conquistou oito Ligas Mundiais e ouro olímpico em 2004, Chico se despediu, em nota, com um ‘até breve’ ao time piracicabano. Confira a íntegra do comunicado:

“Em março, recebi o convite do Zeca para iniciar o trabalho junto ao vôlei masculino de Piracicaba. Nos reunimos com o secretario, Dr. Pedro Mello, e discutimos varias ações. Como naquele momento ainda havia dúvidas sobre a obrigação do marco regulatório, iniciamos o trabalho de forma voluntária, acreditando que até o mês de junho teríamos a situação regularizada com os repasses. Porém, após uma reunião com o departamento jurídico da prefeitura e entidades esportivas da cidade, ficou esclarecido que, se houver repasses, eles provavelmente serão realizados no final deste ano.

Neste período que estive aqui, recebi algumas proposta de clubes, porém, aguardei até junho, como esclarecido acima. Com a nova situação apresentada sobre os repasses e depois de conversar com dirigentes da Apiv, achei melhor neste momento aceitar a proposta de Montes Claros para dirigir a equipe até abril de 2018. Assim que estas pendências e definições forem regularizadas, e se a Associação Piracicabana de Voleibol for a entidade beneficiada com o chamamento público, estarei à disposição . Agradeço aos atletas, à Apiv e a todos que de forma direta ou indireta me ajudaram neste trabalho. Acredito que a vinda do Bernardinho a Piracicaba, dia 2 de agosto, para uma palestra em prol da Apiv, trará inúmeros benefícios e novas oportunidades. Forte abraço, muito trabalho e sucesso a todos”.

Início