Futebol

Ameaçado, XV recebe o embalado Juventus

Alvinegro não vence há cinco jogos; time da capital não perde há sete rodadas

Clayton, volante do XV de Piracicaba
O volante Clayton é dúvida para o compromisso contra o Juventus (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

XV de Piracicaba e Juventus se enfrentam neste domingo (26), às 19h, no estádio Barão da Serra Negra, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2. O jogo é crucial para as pretensões do time piracicabano, que iniciou a rodada na 15ª colocação com 13 pontos ganhos, abrindo a zona de rebaixamento. Sem vencer há cinco partidas, o Nhô Quim entra em campo pressionado e com a equipe titular recheada de dúvidas. O técnico Ronaldo Guiaro não divulgou a escalação e pode ter seis baixas para o confronto: Bruno Aquino e Formigoni estão fora; Clayton, Lucas Cunha, Maranhão e Samuel foram poupados dos treinos ao longo da semana.

“Vamos montar o melhor time possível para enfrentar o Juventus, tentando não mexer na questão tática. Não conversamos nada em especial,  mas precisamos corrigir os erros mais constantes que estamos cometendo, como a bola aérea e a bola parada. Nós sabemos que o intervalo entre uma partida e outra é pequeno e isso dificulta a correção, mas vamos fazer o que for preciso”, disse Guiaro. A outra preocupação do treinador é com o desempenho da equipe quando joga em casa. Em seis partidas no Barão da Serra Negra, foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

“A equipe tem sentido os jogos em casa, mas não sei se é psicológico ou não. Nós temos que usar o fator casa como algo positivo”, admitiu o treinador. Com os possíveis desfalques, Guiaro mexeu no time no coletivo realizado na última sexta-feira (24): o treinador deslocou Zé Mateus para o meio-campo no lugar Clayton, mudança que abriu espaço para Calinhos retornar para a lateral direita. No lado esquerdo, Cléber entrou no lugar de Samuel. A provável escalação é a seguinte: Mateus Pasinato; Carlinhos, Rodrigo, Marcos Vinicius (Doni) e Samuel (Cléber); Gilson, Clayton (Zé Mateus) e Gilsinho; Romarinho, Bruno Santos e Rafael Gomes.

JUVENTUS

Depois de começar mal a Série A2 e figurar na zona de rebaixamento, o Juventus está em plena ascensão. A equipe da capital não perde há sete partidas e hoje ocupa o nono lugar, com 17 pontos, quatro a menos que o Rio Claro, último time do G4. A promessa é de jogo complicado em Piracicaba. “As informações do Juventus chegaram agora, me passaram que é uma equipe muito rápida, que joga no contra-ataque. Nós temos que ter bastante precaução para não acontecer o que aconteceu contra o São Caetano, quando sofremos o gol cedo e isso atrapalhou a equipe no andamento da partida”, completou Ronaldo Guiaro.

Início