Futebol

Alvinegro encerra testes para Copa São Paulo

Foram quatro vitórias em seis jogos; maioria do elenco disputa pela 1ª vez

O coordenador das categorias de formação do clube, Matheus Bonassi Semmler, o técnico Diego Favarin e o meio-campista João Pedro
Diego Favarin, Matheus Bonassi Semmler e João Pedro, em entrevista coletiva (Foto: XV de Piracicaba)

A equipe sub-20 do XV de Piracicaba foi derrotada no último jogo-treino antes da estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior, marcada para o próximo dia 3, às 16h, contra o Vila Nova-GO em Itu. O algoz no teste deste sábado (23) foi o Primavera, que venceu por 2×0 a partida realizada na Usina Costa Pinto, em Piracicaba. Na fase de preparação, foram seis jogos-treino disputados pelo time do técnico Diego Favarin, sendo quatro vitórias, um empate e uma derrota.

“O ponto forte foi a solidez defensiva. O time vem ganhando corpo, pois eles (jogadores) não disputaram nenhuma competição juntos, já que alguns atletas subiram do sub-17, outros permaneceram no sub-20 e também têm os recém-chegados. Por isso, priorizamos o trabalho em cima do conjunto. Os jogadores abraçaram nossa filosofia, entenderam o modo como eu gosto de trabalhar e vamos chegar mais amadurecidos no torneio”, analisou Favarin.

EXPECTATIVA

Devido à boa campanha no Estadual Sub-17, muitos jogadores da categoria garantiram seus lugares no elenco que irá disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior. “A maioria dos atletas irá disputar a primeira Copa São Paulo. Se os resultados vierem a curto prazo, ótimo; mas a ideia central é sempre na instituição, visando um retorno em tudo que é proporcionado ao atleta. Apesar da pouca idade, os garotos estão cientes da responsabilidade e acredito que estamos preparados”, disse o técnico.

No caminho para a competição, o XV teve imprevistos, como a contusão de Gabriel Spadottin. Atacante de origem, o atleta vinha se destacando na lateral-direita. “Infelizmente, tivemos algumas perdas ao longo da preparação. Estamos bem próximos de definir o time ideal. O regulamento nos permite fazer seis alterações ao longo da partida e todos os jogadores do nosso elenco são importantes, independente de iniciarem a partida ou não”, concluiu Diego Favarin.

Início