Futebol

Alvinegro encerra fase de preparação com 100%

XV de Piracicaba vence Desportivo Brasil; Cunha lesiona ombro no 1º tempo

Romarinho, jogador do XV de Piracicaba
O XV de Piracicaba venceu as três partidas que disputou de preparação para Copa Paulista (Foto: Divulgação)

O XV de Piracicaba encerrou neste sábado (25) a série de jogos-treinos preparatórios para a Copa Paulista com 100% de aproveitamento. O time piracicabano venceu o Desportivo Brasil por 1×0, em partida disputada no Centro de Treinamento do Luneng Brasil, em Porto Feliz. O gol mais uma vez foi marcado pelo atacante Rodolfo, emprestado pelo Palmeiras – o artilheiro marcou três dos quatro gols do Alvinegro na fase de preparação. A equipe do técnico Cléber Gaúcho não sofreu nenhum gol nos três testes feitos antes da competição.

A nota negativa ficou mais uma vez por conta das lesões: ainda no primeiro tempo, o zagueiro Cunha caiu em cima do próprio ombro após disputa de bola e precisou sair de campo. O elenco do Nhô Quim se reapresenta na manhã de segunda-feira (27) no estádio Barão da Serra para dar início à última semana de treinamentos antes do confronto contra o Juventus, válido pela primeira rodada da Copa Paulista. A partida será realizada no sábado (2), às 16h, em Piracicaba.

SATISFEITO

Cléber Gaúcho elogiou o desempenho do time piracicabano e destacou o segundo tempo feito pela equipe, quando saiu o gol marcado por Rodolfo. “Foi bom para ajustarmos algumas situações. O mais importante é dar ritmo para a equipe. Fizemos um primeiro tempo não muito bom, quando erramos algumas questões de posicionamento. Corrigimos isso no intervalo e o time se apresentou bem melhor na segunda etapa. Conseguimos ter um padrão do que a gente quer, melhoramos as nossas linhas entre defesa, meio-campo e ataque, e aí tivemos uma produtividade melhor”, analisou.

Sobre o fato de o time não ter levado gol nos três jogos-treinos realizados, o técnico ressaltou o mérito de todo o grupo, não somente dos defensores. “É importante estar bem encaixado e a gente sempre fala que você começa primeiro arrumando a ‘cozinha’. Mas o que é válido para o sistema defensivo funcionar é a entrega de todo mundo. Então nós temos a nossa marcação já na zona alta, onde todos procuram se doar em torno desta marcação para que não estoure na defesa”, completou.

Início