Boxe

Aline Claudino é campeã paulista em São Vicente

Piracicabana confirma ótima fase, vence dona da casa e fatura título estadual

Aline Claudino, atleta de boxe do Luzitano Piracicaba
Aline Claudino vive ótima fase, mas mantém os pés no chão: 'Um passo de cada vez' (Foto: Líder Esportes)

O título do Campeonato Paulista de boxe já está em Piracicaba. A dona dele é a pugilista piracicabana Aline Claudino, que venceu neste domingo (5) a oponente Ana Cristina por nocaute técnico, em São Vicente, pela categoria 64 kg. O resultado deixa a atleta do Centro Esportivo MR/Selam/Unimep muito perto da classificação para o Campeonato Brasileiro, que será realizado em Cuiabá (MT), entre os dias 7 e 15 de julho. “Estou super feliz. Fechei a competição como havia planejado e não ‘sofri’ para alcançar o peso, fui bem nos treinos. A felicidade é total pelo que eu e a equipe conseguimos”, afirmou a campeã.

Aline Claudino venceu Ana Cristina por nocaute técnico no terceiro round da luta realizada em São Vicente

Aline Claudino teve dificuldades no início da luta, mas conseguiu se encontrar no ringue ainda no primeiro round, o mais equilibrado da decisão. No segundo, a pugilista piracicabana voltou com outra postura, mais agressiva, conectou melhor os golpes e abriu vantagem. Aline Claudino resolveu a luta no terceiro round com ataques diagonais e golpes de encontro – a arbitragem abriu contagem três vezes e confirmou o título estadual após vitória por nocaute técnico. “A Aline lutou bem, foi efetiva acima de tudo. Agora temos que corrigir alguns erros e buscar a performance ideal para as próximas competições”, afirmou o técnico Marcos Ribeiro.

“Entrei um pouco desligada, mas ainda no primeiro round o corner me deu um ‘empurrão’ e me achei na luta. Entrei melhor no segundo e, consequentemente, consegui a vitória no terceiro”, contou Aline Claudino. Na semifinal, a atleta do Centro Esportivo MR/Selam/Unimep passou por Daniela Emiliano com uma vitória por decisão unânime. Nas quartas de final, a pugilista sequer precisou entrar no ringue: Aline Claudino deveria enfrentar a veterana Sara Varela, mas a adversária não compareceu ao evento e deu a vitória por WO.

MOMENTO

Perguntada sobre a boa fase, Aline Claudino fez uso do discurso ‘pés no chão’ para a sequência da temporada. “De tudo que aconteceu nestes meses, posso dizer que é uma boa fase sim, estou bem. O mais importante foi a questão psicológica, um passo de cada vez. Consegui subir o primeiro degrau, o próximo é o Campeonato Brasileiro e quero ir bem”, afirmou a boxeadora, que volta a treinar já nesta segunda-feira (6). “O tempo não para e preciso trabalhar algumas coisas que faltaram. Gosto de pensar uma coisa de cada para conseguir bons resultados”.

A atleta fez questão de agradecer o suporte recebido antes do Campeonato Paulista e enalteceu o apoio de duas pessoas em especial: o técnico Marcos Ribeiro e o também lutador Gustavo Zandoval. “O boxe só parece individual, mas não é. Muitas pessoas me ajudaram e cada um que treina comigo contribuiu para o título. O Marcos acredita em mim e o Gustavo sempre conversa comigo, entra na mente. E agradeço a Deus, que sempre coloco à frente de tudo que faço”, completou a campeã paulista.

Início